AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DA CATÁLISE ENZIMÁTICA NA CONVERSÃO DE ÁCIDOS GRAXOS LIVRES DO ÓLEO DA POLPA DE MACAÚBA

Camila da Silva, Bruna Tais Ferreira de Mello, Sandra Beserra da Silva

Resumo


O presente trabalho buscou avaliar a utilização da catálise enzimática na conversão dos ácidos graxos livres (AGLs) do óleo da polpa de macaúba. Os experimentos avaliaram o efeito do tipo de álcool, razão molar AGLs/álcool, temperatura, tempo de reação e percentual de catalisador. A partir da análise dos resultados obtidos, constatou-se melhores resultados para metanol, e para este álcool a razão molar de 2 (metanol/AGL) proporcionou a maior conversão dos AGLs. A temperatura de 55 °C apresentou-se melhor resultado, quando comparada as demais condições (p<0,05). O aumento da concentração de catalisador no meio reacional, de 4 a 8%, proporciona o aumento da conversão para reações conduzidas de 15 a 90 minutos. O aumento desta concentração, 10%, e aumento do tempo de reação, 120 minutos, não apresenta diferença significativa na conversão dos AGLs.

Palavras-chave


Esterificação. Acrocomia aculeata. Biodiesel.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18674/exacta.v9i1.1618

ISSN 1984-3151