AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO HIDROGEOLÓGICO DAS FORMAÇÕES GEOLÓGICAS EM UMA VERTENTE DA SERRA DO GANDARELA: RIO ACIMA, MG

Fernanda Bárbaro Franco, Sidney Portilho, Juliana Batista de Souza

Resumo


A Serra do Gandarela apresenta uma das maiores reservas hídricas do Quadrilátero Ferrífero e seus aquíferos são de extrema importância para as áreas de drenagens das bacias hidrográficas ali presentes. Possui grande grau de conservação, belezas naturais e uma grande biodiversidade. É uma região que abriga várias espécies vegetais endêmicas e a canga, afloramentos ferruginosos, que é um dos sistemas ecológicos mais ameaçado do Brasil. Esse artigo visa trabalhar a relação entre os solos, coberturas de superfície da Serra do Gandarela e o comportamento hidrológico dos mesmos, demonstrando a capacidade de campo, armazenamento de água, e as taxas de infiltração de água de cada ponto amostrado. Dos três pontos selecionados dois apresentaram bons resultados quanto à recarga hídrica. O primeiro ponto por apresentar um sistema lento de infiltração e percolação e o segundo ponto por infiltrar grande quantidade de água. O terceiro ponto apresentou uma taxa de infiltração menor, por possuir a textura da parte cimentante da matriz coluvionar (argilo – arenosa), o que interferiu negativamente no processo de infiltração. Relacionando todos os pontos com os respectivos resultados verifica-se que a Serra do Gandarela é uma região importante para o processo de recarga hídrica da região metropolitana de Belo Horizonte.

ABSTRACT

Serra do Gandarela presents one of the biggest hydric stock of the Ferriferous Quadrangle and its aquifers are of utmost importance for draining areas of these existing watersheds.It has a great conservation degree, natural beauties, a great biodiversity. It's a region wich shelters several vegetal endemic species and the « canga », ferruginous outcrops, which is one of the most endangered ecological systems in Brazil.
This article aims to work the relationship between the soil surface, covers the Serra do Gandarela and the hydrological behavior of the same, demonstrating the field capacity, water storage,and water infiltration rates of each chozen location. Of the three selected points two showed good results as to water recharge. The first point by presenting a slow infiltration and percolation system and the second point for infiltrating large amount of water. The third point presented a lower infiltration rate by having the texture of the cementitious matrix of the colluvial (clayey - sandy) which negatively interfere with the infiltration process. Listing all the points with the results it appears that the Serra do Gandarela is an important region for the water refilling process of the metropolitan region of Belo Horizonte.


Palavras-chave


Serra do Gandarela. Canga. Infiltrômetro. Recarga Hídrica. Solos. Taxa de infiltração.

Texto completo:

PDF

Referências


ALKMIM, F.F.; MARSHAK, S. Transamazonian Orogeny in the Southern São Francisco Craton Region, Minas Gerais, Brazil: evidence for Paleoproterozoic collision and collapse in the Quadrilátero Ferrífero. Precambrian Research, v. 90, p.29-58, 1998. apud MOURÃO, M. A. A.. Caracterização hidrogeologia do aquífero Cauê, Quadrilátero Ferrífero, MG [manuscrito]. 2007. 297 f. Tese (doutorado) – Escola de Engenharia, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2007.

CARMO, F. F. Importância Ambiental e Estado de Conservação dos Ecossistemas de Cangas no Quadrilátero Ferrífero e Proposta de Áreas-Alvo para a Investigação e Proteção da Biodiversidade em Minas Gerais. 2010. 90f. Dissertação (Mestrado em Ecologia, Conservação e Manejo da Vida Silvestre) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010. Disponível em:< http://www.icb.ufmg.br/pgecologia/dissertacoes/D240_flavio_foneca_do_carmo.pdf>. Acesso em: 07 set. 2014.

DORR J. V. N.. Physiographic stratigraphic and structural development of the Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais, Brazil. Washington, DNPM/USGS, 1969, 110p. (Prof. Paper 641-A). Disponível em:< https://pubs.usgs.gov/pp/0641a/report.pdf>. Acesso em: 09 de Abr. de 2017.

EMBRAPA. Solos para todos – Perguntas e Respostas, 2014. Organizadores: Moema de Almeida Batista, Denise Werneck de Paiva, Alexandre Marcolino. - Dados eletrônicos. - Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2014. Disponível em:. Acesso em: 05 nov. 2015. ISSN 1517-2627.

EMBRAPA – CENTRO DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DOS CERRADOS. Cerrado: ambiente e flora. Planaltina - DF, 556p, 1998. apud LAMOUNIER, W. L. et al.. A influência da litologia na distribuição da cobertura vegetal e no uso do solo na Serra do Gandarela, Quadrilátero Ferrífero – MG. 2010. GEOgrafias Artigos Científicos. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2015. ISSN 2237-549X.

ICMBio. Proposta De Criação Do Parque Nacional Da Serra Do Gandarela. 2010. Estudos Técnicos para a Criação de Unidade de Conservação Federal. Disponível em: . Acesso em: 30 out. 2015.

LAMOUNIER, W. L.; CARVALHO, V. L. M.; SALGADO, A. A. R.. Serra do Gandarela: Possibilidades de Ampliação das Unidades de Conservação no Quadrilátero Ferrífero – MG. 2011. Revista do Departamento de Geografia – USP, volume 22, p.171-192. Disponível em: . Acesso em: 07 Set. 2014.

LARCHER, W. Ecofisiologia Vegetal. Editora RiMa, 2004.

MARENT, B. R.; SALGADO, A. A. R.. Mapeamento das unidades do relevo da porção nordeste do Quadrilátero Ferrífero – MG. 2010. GEOgrafias Artigos Científicos. Disponível em: . Acesso em: 17 out. 2014. ISSN 2237-549X.

MARENT, B. R.; LAMOUNIER, W. L.; GONTIJO, B. M.. Conflitos Ambientais na Serra do Gandarela, Quadrilátero Ferrífero – MG: mineração x preservação. 2011. GEOgrafias Artigos científicos. Disponível em: . Acesso em: 07 Set. 2014. ISSN 2237-549X.

MARENT, B. R.. Unidades De Paisagem Nas Bacias Hidrográficas Do Alto Ribeirão Da Prata E Ribeirão Preto Na Serra Do Gandarela, Quadrilátero Ferrífero – MG. 2013. 19 Folhas. Monografia – Centro Universitário de Belo Horizonte, Centro Universitário de Belo Horizonte, Belo Horizonte, 2013.

MENDONÇA, M. P.; LINS, L. V. (Orgs.). Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas de Extinção da Flora de Minas Gerais. Belo Horizonte: Fundação Biodiversitas/ Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte. 2000. 47 p. apud LAMOUNIER, W. L.; CARVALHO, V. L. M.; SALGADO, A. A. R.. Serra do Gandarela: Possibilidades de Ampliação das Unidades de Conservação no Quadrilátero Ferrífero – MG. 2011. Revista do Departamento de Geografia – USP, volume 22, p.171-192. Disponível em: . Acesso em: 07 Set. 2014.

MOURÃO, M. A. A.. Caracterização hidrogeologia do aquífero Cauê, Quadrilátero Ferrífero, MG [manuscrito]. 2007. 297 f. Tese (doutorado) – Escola de Engenharia, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2007.

MUNSELL SOIL COLOR CHARTS. U.S. Dept. Agriculture handbook 18 – soil survey manual. X-rite (editor) 2000.

OLIVEIRA, N. V.; ENDO, I.; OLIVEIRA, L. G. S.. Geometria do Sinclinal Gandarela Baseada na Deconvolução Euler 2D e 3D – Quadrilátero Ferrífero – MG. 2005. Revista Brasileira de Geofísica. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/rbg/v23n3/a02v23n3>. Acesso em: 17 out. 2014. ISSN 0102-261X.

PORTILHO, S.; MIRANDA, B. N.. Relações Entre A Erosão Laminar A Taxa De Infiltração De Água No Solo Em Diferentes Pontos Da Encosta, Microbacia Do Ribeirão Gomes De Melo, Sub-Bacia Do Rio Piracicaba, Município De Rio Piracicaba – MG, 2008.

PORTILHO, S.; GREGÓRIO, S. I. F. F. Estudo Da Técnica De Terraceamento Utilizada Na Recuperação De Áreas Degradadas Na Sub- Bacia Ribeirão Candidópolis, Itabira –MG, 2011.

PROJETO MANUELZÃO. Serra do Gandarela. 2010. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2015.

SCHAEFER, C.E.G.R. et al.. Solos desenvolvidos sobre canga ferruginosa no Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais, 2008. In: Simpósio Afloramentos Ferruginosos no Quadrilátero Ferrífero: Biodiversidade,Conservação e Perspectivas de Sustentabilidade. Belo Horizonte, 109-121. CD. apud CARMO, Flávio Fonseca do. Importância Ambiental e Estado de Conservação dos Ecossistemas de Cangas no Quadrilátero Ferrífero e Proposta de Áreas-Alvo para a Investigação e Proteção da Biodiversidade em Minas Gerais. 2010. 90f. Dissertação (Mestrado em Ecologia, Conservação e Manejo da Vida Silvestre) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010. Disponível em:< http://www.icb.ufmg.br/pgecologia/dissertacoes/D240_flavio_foneca_do_carmo.pdf>. Acesso em: 07 set. 2014.

SALGADO, A. A. R.. Estudo da evolução do relevo do Quadrilátero Ferrífero através da quantificação dos processos erosivos e denudacionais. 2006. Tese (Doutorado em Geoquímica Ambiental) – Escola de Minas, Departamento de Geologia, Programa de pós-graduação em Geologia Ambiental e Conservação de Recursos Naturais, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2006. Disponível em: . Acesso em: 30 out. 2015.

SANTOS, R. D. et al.. Manual de descrição e coleta de solo no campo. 2013. 6ª edição. Revisada e Ampliada. Viçosa. Sociedade Brasileira de Ciência do solo, 2013.

SANTOS, C. T.; VIDAL, D. M.. Sistemas filtrantes para estabilização de colúvios – Importância da estrutura do solo. 2003. Instituto Tecnológico de Aeronáutica. São José dos Campos – SP. Disponível em: . Acesso em: 15 de Nov. de 2015.

SHINZATO, E; CARVALHO FILHO, A. Projeto APA Sul RMBH: estudos do meio físico, pedologia. Belo Horizonte: CPRM/EMBRAPA/SEMAD/CEMIG, 41 p., 2005 apud MARENT, B. R.. Unidades De Paisagem Nas Bacias Hidrográficas Do Alto Ribeirão Da Prata E Ribeirão Preto Na Serra Do Gandarela, Quadrilátero Ferrífero – MG. 2013. 19 Folhas. Monografia – Centro Universitário de Belo Horizonte, Centro Universitário de Belo Horizonte, Belo Horizonte, 2013.

SILVA, J. R.; SALGADO, A. R.. Mapeamento das unidades de relevo da região da Serra do Gandarela – Quadrilátero Ferrífero/MG. 2009. Belo Horizonte. Artigos Científicos. Book Geografias v5 n2.indb 107. Disponível em:< http://www.igc.ufmg.br/portaldeperiodicos/index.php/geografias/article/download/491/363>. Acesso em: 09 de Abr. de 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.18674/exacta.v10i1.1780

ISSN 1984-3151